pagina-anúncie-1024x129.png

O QUE É MULTIPROPRIEDADE?

Você já ouviu falar da multipropriedade? Este novo modelo de negócio está mudando a forma como as famílias aproveitam as suas férias. Para você não ficar com nenhuma dúvida, a Brasil Infinit preparou este guia completo para você!

A multipropriedade vem se consagrando como uma excelente alternativa para adquirir sua casa de férias. Principalmente para aqueles que gostam de curtir as férias com conforto e sem preocupações. Porém, como tudo que é novidade, o sistema sempre gera dúvidas e questionamentos. 

É por este motivo que a Brasil Infinit reuniu aqui tudo o que você precisa saber sobre este novo modelo de negócio. Descubra como ele pode te ajudar a viver momentos inesquecíveis ao lado daqueles que ama, todos os anos!

O que é a Multipropriedade?

De forma simples, a multipropriedade é um formato que surgiu através da economia compartilhada. Neste sistema, cria-se um condomínio especial que permite dividir um imóvel, casa ou apartamento, em frações imobiliárias. Ao adquirir essas frações, a pessoa tem o direito de utilizar o imóvel em sua totalidade pelo período de tempo estipulado em contrato, todos os anos.

 

O modelo ganhou forças com o formato de casa de férias. O motivo para o sucesso é fácil de entender. Um imóvel neste formato é utilizado apenas algumas semanas ao longo do ano, porém os custos de aquisição e manutenção são cobrados em sua totalidade. A multipropriedade soluciona este problema de uma maneira bastante simples. Adquirindo uma fração imobiliária, a pessoa estará investindo menos que o modelo tradicional.

Porém, há um adicional: os apartamentos de férias comercializados neste formato estão integrados a um serviço de hospedagem de alto padrão. Isso representa uma infraestrutura completa com piscinas, sauna, academia, entre outros. Empreendimentos neste modelo já são encontrados em grandes destinos turísticos, como Maceió, por exemplo.

 

A multipropriedade dispõe de legislação específica que a regula, a Lei Federal 13.777/2018. Já vamos falar mais sobre ela.

O que é a Economia Compartilhada?

A multipropriedade imobiliária tem sua base na economia compartilhada. Seu conceito vem do consumo sustentável, permitindo que bens materiais, como equipamentos, veículos e imóveis, sejam utilizados por outras pessoas durante seu período ocioso. Garantindo assim o máximo de proveito daquele bem e evitando desperdícios.

 

Outra vantagem desse modelo de aquisição é transformar bens inicialmente escassos, ou de acesso exclusivo a poucos indivíduos (como é o caso de um carro de luxo ou uma segunda residência de férias), em bens abundantes, servindo a várias pessoas.

 

O compartilhamento é uma tendência mundial e tem ganhado cada vez mais força em todos os segmentos. É neste cenário que se insere a multipropriedade imobiliária turística. Modelo que oferece às famílias a possibilidade de adquirir um empreendimento de alto padrão para viver as suas férias dos sonhos, todos os anos.

Como surgiu a Multipropriedade?

Com o final da Segunda Guerra Mundial o mundo estava economicamente abalado pelos anos de conflito. O mercado imobiliário hoteleiro estava correndo grandes riscos, visto que não havia turistas e investidores dispostos a arriscar no ramo. Neste cenário começa a surgir na França, mais especificamente na Riviera Maya, um novo movimento que dividia os pacotes de hospedagem entre quatro hóspedes, dando a eles o direito de usufruir das instalações durante três meses ao longo do ano. 

 

Assim nasce o timeshare, que diferente da multipropriedade, dá direito ao cliente apenas ao período de tempo de uso do imóvel, e não do empreendimento em si. 

 

Os americanos gostaram da ideia e levaram o conceito para  as terras estadunidenses, porém compartilhando o período de tempo entre 52 proprietários (1 por semana do ano). Não demorou muito para o modelo chegar ao Brasil e se estabelecer como uma alternativa mais barata, porém não menos vantajosa, de aproveitar as férias nos principais destinos turísticos do país. 

O que é a Lei da Multipropriedade?

Sancionada em dezembro de 2018 e passando a valer desde janeiro de 2019, a Lei da Multipropriedade (13.777/2018) chegou para definir todos os aspectos referentes a este novo modelo de negócio, A Lei n° 13.777, foi publicada em dezembro de 2018, entrando em vigor no final de janeiro de 2019. A legislação levanta vários pontos em relação ao direito de uso e deveres, tanto dos proprietários quanto da operadora, em relação aos imóveis comercializados neste formato, garantindo ainda mais segurança para os compradores e estimulando o mercado nacional.

O que define a Lei da Multipropriedade?

Uma das principais definições da lei se refere a matrícula do imóvel. A necessidade deste documento se aplica aos imóveis de multipropriedade, com algumas particularidades.

 

Haverá uma matrícula-mãe para o empreendimento e matrículas-filhas para cada unidade periódica. Atrelando a fração ao empreendimento, porém, mantendo a sua autonomia.

 

A legislação também determina alguns termos próprios deste formato, confira:

 

  • Unidade periódica: a fração de tempo de um imóvel que pode ser usufruída anualmente;

  • Multiproprietário: todo aquele que possui uma unidade periódica;

  • Direito de propriedade: recai sobre qualquer fração do empreendimento comercializada neste modelo.

Segundo a Lei da Multipropriedade, quais são as formas de utilizar a Fração Imobiliária?

A lei também determina os direitos do proprietário referente ao uso de sua fração. O principal modelo de uso é usufruir o imóvel durante o período estabelecido em contrato.

 

Aqueles que compram uma fração também podem hipotecá-la, alugar o período e deixá-la como herança para sua família. Neste último caso, o proprietário pode passar os imóveis às próximas gerações como um todo ou separar as semanas entre seus descendentes.

 

Por exemplo, você como proprietário pode definir que seu primeiro filho terá direito às semanas entre janeiro e junho e o segundo filho poderá usufruir das semanas de julho a dezembro.

 

A unidade periódica também pode ser penhorada em casos judiciais, entretanto, o penhor é válido somente para o tempo de uso, não se aplicando aos móveis dentro do imóvel.

WhatsApp Image 2021-04-02 at 20.38.03 (1

Como a Lei da Multipropriedade trata casos de pendência financeira?

Em casos de pendências financeiras, onde o proprietário esteja inadimplente com seus pagamentos perante a responsável pela administração do imóvel, o mesmo pode ser impedido de usufruir de sua semana. Nessa situação, o período de uso dele é disponibilizado no pool de locação para quitação das dívidas.

Como é feita a manutenção da Multipropriedade?

Em caso de desgaste natural do imóvel os custos de manutenção são divididos entre todos os proprietários de fração da unidade, conforme definido no art. 937CC. O mesmo vale para o empreendimento, neste caso, o custo é dividido entre todos os multiproprietários.

 

Apenas quando o dano for causado por mal uso do imóvel e dos bens em seu interior, é que o proprietário daquela semana terá que arcar com os custos do reparo sozinho.

Quem é o responsável pela gestão do imóvel de acordo com a Lei da Multipropriedade?

Uma administração especializada em imóveis de multipropriedade é quem gerencia e organiza todas as questões referentes ao uso do empreendimento e das frações.

 

Este ato garante mais credibilidade e qualidade para imóvel, afinal, todos os detalhes da administração estarão nas mãos de profissionais.

Quais são as principais vantagens da Multipropriedade?

  • Adquirir uma propriedade de alto padrão, com serviços de hotelaria integrados, nos principais destinos do país, investindo muito menos do que o valor tradicional do mercado;

 

  • Ter a garantia de contar com um lugar seu para aproveitar as férias todos os anos;

 

  • Aproveitar o seu produto na totalidade, sem desperdício ou gastos ocasionados pelo imóvel estar desocupado no restante do ano;

 

  • Garantir um legado para seus filhos e netos, já que o imóvel pode ser passado às próximas gerações;

 

  • Despesas de manutenção e custos fixos são divididos com os demais proprietários, reduzindo o custo final para você;

 

  • Aproveitar o intercâmbio de férias para conhecer dezenas de destinos sem ficar preso a apenas uma cidade. Dessa forma, é possível conhecer o mundo com a sua família trocando as suas semanas para aproveitar outros empreendimentos.

 

  • Assim como o formato tradicional de aquisição imobiliária, você pode emprestar suas semanas para parentes e amigos. Assim eles também têm a oportunidade de vivenciar esta experiência única de férias;

 

  • Estrutura de alto padrão, com piscinas, saunas, academia e inúmeras funcionalidades, sempre prontas para te receber na sua casa de férias;

 

  • Caso não possa utilizar sua propriedade no período estipulado, é possível disponibilizá-la no pool de locação, garantindo o retorno financeiro daquela semana;

 

  • O sistema rotativo de semanas permite que você tenha a possibilidade de conhecer o destino em diversos momentos ao longo do ano.

Para quem a Multipropriedade vale a pena?

Famílias que viajam todos os anos

Organizar uma viagem que atenda aos requisitos de todo mundo na família pode ser um desafio e tanto. Neste ponto a multipropriedade é uma excelente aliada, pois você pode confiar que o seu empreendimento estará equipado com a estrutura completa para atender a todos. Desde piscinas para relaxar, sala Cyber para manter o trabalho em dia e espaço Kids para as crianças aproveitarem sem preocupações.

Quem gosta de viajar

Para aqueles que desfazem as malas pensando na próxima viagem, a multipropriedade é um ótimo negócio!

 

Aqui, além de ter uma casa de férias para chamar de sua, você também pode aproveitar a sua semana através do intercâmbio de férias, utilizando-a para aproveitar centenas de empreendimentos espalhados pelo mundo. Certamente não faltarão opções para curtir.

Quem deseja deixar um legado para os filhos

A fração imobiliária é um bem seu e da sua família. O seu empreendimento é escriturado, o que garante que ele possa ser passado às próximas gerações. É uma forma não apenas de garantir as férias todos os anos, mas também de investir no futuro da sua família.

Quem gosta de economizar nas férias

Garantir o seu imóvel no sistema de multipropriedade é ter a certeza de estar economizando com hotel todos os anos. Ao invés de ficar procurando hospedagem durante a madrugada para garantir preços mais em conta  na internet, com os imóveis da Brasil Infinit comercializados neste formato, você tem a certeza de contar com uma estrutura de alto padrão, com serviços que superam todas as expectativas. Assim, você tem a confiança que estará se hospedando em um empreendimento de altíssima qualidade, pensado para proporcionar a melhor experiência à você.

MULTIPROPRIEDADE brasil infinit

Com a multipropriedade Brasil Infinit, você garante férias e patrimônio vitalício ao mesmo tempo.

pagina-anúncie-1024x129.png